Inteligência Socioambiental Estratégica da Indústria do Petróleo na Amazônia

  Workshop discute Robótica em Manaus

Unindo tecnologia de ponta e modelos biológicos, pesquisadores da Amazônia pretendem utilizar o sistema de eletrolocalização do peixe elétrico para fazer explorações subaquáticas. Trata-se do projeto Porakê, um dos que serão apresentados durante o II Workshop AmazonBots, que começa na próxima terça-feira, 1 de agosto, no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), em Manaus. O evento prossegue até o dia 4 de agosto, na Pousada Amazônia, no município de Iranduba.

Um dos objetivos do II Workshop AmazonBots é criar novos sensores e robôs que ampliem o domínio das técnicas de aquisição de informações ambientais, processando-as em tempo real. A abertura do evento contará com a presença de José Gomes, do Inpa, e Roberto Tavares, do CenPRA (Centro de Pesquisas Renato Archer), que coordena o evento e é ainda responsável pela idéia do projeto Porakê, ainda em fase conceitual. Tavares apresentará as pesquisas com o peixe elétrico em laboratórios do Inpa.

Em seu segundo ano, o Workshop Amazonbots reunirá especialistas em peixes elétricos, robótica, eletro-eletrônica, semiótica, informática e modelagem ambiental de importantes instituições como a NASA, o Inpa, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Petrobras - Cenpes e o CenPRA. O evento pretende repetir o sucesso do I Workshop de Robótica, realizado há dois anos em Manaus, quando foi aprimorado o conceito inicial do Robô Ambiental Híbrido, já testado nas regiões ribeirinhas pesquisadas pelo Piatam – projeto coordenado pela Petrobras e pela Universidade Federal do Amazonas que faz o monitoramento socioambiental da região onde se desenvolve a indústria do petróleo e gás no Amazonas.

O nome AmazonBots foi criado para denominar a linha de pesquisa sobre robótica do projeto Cognitus (Ferramentas Cognitivas para Amazônia), que se propõe a criar novos conceitos e tecnologias em monitoramento ambiental para entender os fenômenos complexos da região. Coordenado pelo arquiteto Wagner Garcia e pelo geólogo do Cenpes Fernando Pellon, o Cognitus reúne bioquímicos, biólogos, físicos, artistas, filósofos, semioticistas, geólogos e engenheiros em um trabalho transdisciplinar que alcança as interfaces entre ciência, arte e tecnologia.



Leia também uma entrevista com Roberto Tavares, coordenador do workshop e responsável pelo projeto Porakê.




Serviço:

Segundo Workshop AmazonBOTS
Data: 1 de agosto
Local: INPA - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Horário: 09:00 h às 17:00 h

Programação – 1 de agosto:

09:00h - Abertura : José Gomes – LFC/INPA e Roberto Tavares – Coordenador do AmazonBOTS – CenPRA/Cognitus
10:00h - Aspectos botânicos da paisagem amazônica : Bruce Nelson – Ecologia/INPA
11:00h - Histórico geomorfológico da Amazônia : Arnaldo Carneiro – INPA
12:00h - almoço
13:00h - Visita ao laboratório no Inpa e a Torre ZF-INPA
15:30h - intervalo
16:00h - Mesa Redonda: Rede de coleta de dados integrada
17:30h - encerramento



AltSoluções Interativas